Faith | início mensagem submit escritos instagram
Para aqueles que querem muito me ver afundar, saibam que eu sei nadar.
Às vezes, não há nenhum aviso. As coisas acontecem em segundos. Tudo muda. Você está vivo. Você está morto. E as coisas continuam. Somos finos como papel. Existimos por acaso entre as percentagens, temporariamente. E esta é a melhor e a pior parte, o fator temporal. E não há nada que se possa fazer sobre isso. Você pode sentar no topo de uma montanha e meditar por décadas e nada vai mudar. Você pode mudar a si mesmo para ser aceitável mas talvez isso também esteja errado. Talvez pensemos demais. Sinta mais, pense menos.
Você morre por dentro depois de sofrer por muito tempo. E o pior de tudo, é ter que continuar fingindo estar vivo como se tudo estivesse bem.
Tenho um lado bem bobo que ainda acredita na bondade das pessoas. Só que a vida me trouxe um lado que desconfia, ergue a sobrancelha e fica com o pé atrás.
Às vezes, você faz escolhas na vida e, às vezes, as escolhas fazem você.
Quem me dera, ao menos uma vez, explicar o que ninguém consegue entender.
Nossa felicidade é baseada nas escolhas que fazemos.
Nada é tão difícil quanto se apresenta num primeiro momento. E tudo, tudo tem um jeito. Mas entenda: nem sempre é o seu jeito. A gente vai se adaptando ao que a vida nos apresenta. Só que a escolha sempre será minha, sua ou nossa. Isso ninguém nos tira.
Não é a altura, nem o peso, nem os músculos que tornam uma pessoa grande, é a sua sensibilidade sem tamanho.
As pessoas raramente são o que aparentam.
Você se surpreende ao perceber o quanto pode suportar.